António Simões

 
 
António Simões com 17 anos torna-se titular indiscutível  do S.L.Benfica.

Com apenas 20 anos foi considerado o melhor extremo-esquerdo da Europa. Do Benfica à Seleção foi apenas um passo. António Simões estaria no maior feito do futebol português: a conquista do terceiro lugar no Mundial de 66, conseguindo em Inglaterra exibições espetaculares, tendo mesmo marcado um golo ao Brasil de Pelé. No seu brilhante palmarés podemos encontrar uma Taça dos Clubes Campeões Europeus, 4 Taças de Portugal, 11 Campeonatos Nacionais, tendo realizado 46 jogos com a camisola da Seleção.
Atualmente é comentador desportivo e um profundo conhecedor do futebol nacional e internacional
Foi ainda treinador adjunto em várias equipas e seleções.

Ocupou vários cargos diretivos na Federação Portuguesa de Futebol.

Durante a sua carreira internacional esteve durante aproximadamente 20 anos no E.U.A. onde acumulou várias funções diretivas.

Ainda hoje é distinguido como o jogador mais jovem que jogou e venceu a Champions.

Hodiernamente é convidado como orador em várias conferencias em Portugal e no estrangeiro.