Cartaz: Grande Guerra

Portugal na (e no tempo da) Grande Guerra

CONGRESSO INTERNACIONAL

 

No ano de 2018 assinala-se o centenário do primeiro conflito armado à escala mundial que viria a alterar, de forma definitiva, a história cultural dos povos. A Batalha de La Lys, a 9 de abril de 1918, representa um marco emblemático da participação portuguesa na primeira Grande Guerra e marca social e culturalmente um Portugal recém-saído de uma alteração de regime, ainda a braços com a sua nova realidade política e a viver as primeiras incidências das aparições de Fátima e a pedrada no charco protagonizada pela geração de Orfeu. Cem anos depois ainda é pertinente perguntar: Que marcas culturais e sociais deixou a Grande Guerra em Portugal? Como foi vista e vivida a Grande Guerra (na Europa, mas também nas então colónias portuguesas africanas) em Portugal? Que receção fez o mundo da cultura, das artes e da imprensa ao tema da guerra? Qual a perceção da Grande Guerra nas localidades do interior do país? Como se projetou a Grande Guerra no futuro, militar, política e culturalmente?

Para responder a estas e outras questões, vai realizar-se  de 19 a 20 de abril de 2018, na UTAD o Congresso Internacional Portugal na (e no tempo da) Grande Guerra, uma organização do Departamento de Letras, Artes e Comunicação (DLAC) da UTAD, em parceria com várias instituições militares, religiosas e científicas.

Mais informação aqui