Foto: Xutos e Pontapés

Xutos & Pontapés plantam “árvore da liberdade” na UTAD

Celebrar 35 anos de carreira no dia da liberdade foi o desafio lançado pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) ao grupo musical Xutos & Pontapés.
 
O grupo foi convidado a plantar ”a árvore da Liberdade” no Jardim Botânico da UTAD, convite aceite por todos os membros do grupo que estará presente no dia 25 de abril pelas 16 horas, no campus e jardim da Universidade, numa iniciativa integrada nas comemorações do dia da Liberdade do Município de Vila Real.
Ao lançar este desafio, a UTAD pretendeu não só que este grupo emblemático do panorama musical nacional constasse como Padrinho do seu jardim, mas quis também homenagear os 35 anos de uma carreira, quase tão longa como a liberdade em Portugal.
O momento de plantação traduz a homenagem ao grupo, que passa a fazer parte do roteiro das personalidades do Jardim Botânico da UTAD.
A árvore escolhida – ginjeira-do-mato – foi oferecida pelo Governo dos Açores, pertence à espécie  Prunus azorica, sendo um dos 10 mais raros endemismos açorianos. Esta ação vai contribuir para o aumento da biodiversidade no Jardim com espécies endémicas da flora portuguesa e ajudar a estreitar laços de cooperação entre a UTAD e os Açores.